• Document: Manual de Conforto Térmico
  • Size: 2.45 MB
  • Uploaded: 2019-05-16 13:59:29
  • Status: Successfully converted


Some snippets from your converted document:

Manual de Conforto Térmico ANÉSIA BARROS FROTA — Arquiteta pela Universidade de Brasília, 1969. — Estágio Técnico no Laboratório Nacional de Engenharia Civil de Lisboa (LNEC), Divisão de Conforto da Habitação, 1970/71. — Mestre (1982) e Doutora (1989) em Arquitetura, pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. — Professora de Conforto Ambiental da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, desde 1976. — Consultora Técnica em Conforto Térmico a nível do projeto. SUELI RAMOS SCHIFFER — Arquiteta pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, 1975. — Mestre (1983), Doutora (1989) e Livre-Docente (1992) em Arquitetura, pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. — Professora de Conforto Ambiental da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, desde 1977. Dados de Catalogação na Publicação (CIP) Internacional (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Frota, Anésia Barros. Manual de conforto térmico : arquitetura, urbanismo / Anésia Barros Frota, Sueli Ramos Schiffer. — 5. ed. — São Paulo : Studio Nobel, 2001. Bibliografia. ISBN 85-85445-39-4 1. Arquitetura e clima 2. Arquitetura e radiação solar 3. Planejamento urbano — Fatores climáticos I. Schiffer, Sueli Ramos. II. Título. 01-1541 CDD-720.47 Índice para catálogo sistemático: 1. Arquiteura : Radiação solar 720.47 2. Radiação solar : Arquitetura 720.47 Anésia Barros Frota Sueli Ramos Schiffer Manual de Conforto Térmico 5ª edição Studio Nobel © da 1ª edição 1987 Livraria Nobel S.A. Ilustração da capa “Relógios de Sol”, Rudimenta Mathematica. Basel, 1531. In Olgay, V. & Olgay, A. Solar Control and Shaving Devices. New Jersey, Princeton University, 1957. Livros Studio Nobel Ltda. Al. Ministro Rocha Azevedo, 1077 — cj. 22 01410-003 — São Paulo — SP Fone/Fax: (11)3061-0838 E-mail: studionobel@livrarianobel.com.br Distribuição/Vendas Livraria Nobel S.A. Rua da Balsa, 559 02910-000 — São Paulo — SP Fone: (11)3933-2822 Fax: (11)3931-3988 E-mail: ednobel@livrarianobel.com.br É PROIBIDA A REPRODUÇÃO Nenhuma parte desta obra poderá ser reproduzida sem a permissão por escrito dos editores por qualquer meio: xerox, fotocópia, fotográfico, fotomecânico. Tampouco poderá ser copiada ou transcrita, nem mesmo transmitida por meios eletrônicos ou gravações. Os infratores serão punidos pela lei 5.988, de 14 de dezembro de 1973, artigos 122-130. Impresso no Brasil / Printed in Brazil 6XPiULR Prefácio . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13 Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15 Capítulo 1 Exigências Humanas Quanto ao Conforto Térmico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19 1.1 O organismo humano e a termorregulação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19 1.1.1 Organismo humano e metabolismo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19 1.1.2 A termorregulação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19 1.1.3 Reação ao frio. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20 1.1.4 Reação ao calor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20 1.1.5 Catabolismo, anabolismo e fadiga higrotérmica . . . . . . . . . . . . 21 1.1.6 Mecanismos de trocas térmicas entre corpo e ambiente . . . . . . 21 1.1.7 Pele, principal órgão termorregulador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22 1.1.8 O papel da vestimenta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23 1.1.9 Variáveis do conforto térmico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23 1.2 Índices de conforto térmico. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24 1.2.1 Aspectos históricos dos índices de conforto térmico . . . . . . . . 24 1.2.2 Classificação dos índices de conforto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25 1.2.3 Escolha do índice de conforto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26 1.2.4 A Carta Bioclimática . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Recently converted files (publicly available):