• Document: COLÉGIO SHALOM Ensino Médio 1º AEM Prof. Clécio Oliveira Língua Portuguesa 65 Aluno (a):
  • Size: 905.87 KB
  • Uploaded: 2019-06-13 02:14:32
  • Status: Successfully converted


Some snippets from your converted document:

COLÉGIO SHALOM Trabalho de Ensino Médio – 1º AEM RECUPERAÇÃO 65 Prof. Clécio Oliveira – Língua Portuguesa Aluno (a): ______________________________________ Questão 01 Disponível em: <http://www.revistatxt.teiadetextos.com.br/07/entrevistachantal.html>. Acesso em: 30 mar. 2015. Os sujeitos dos verbos destacados na tirinha anterior classificam-se, respectivamente, como A) composto e simples desinencial. B) indeterminado e simples expresso. C) inexistente e composto. D) simples desinencial e inexistente. E) simples expresso e indeterminado. Questão 02 Leia a tirinha a seguir. Disponível em: <http://mulher30.com.br/tirinhas/page/7>. Acesso em: 30 mar. 2015. Releia as frases da tirinha anterior: O sapato ficou lindo em você. Ela compra tudo pela Internet com cupom de desconto. Os predicados das frases anteriores classificam-se, respectivamente, como A) nominal (núcleo: lindo) e nominal (núcleo: Internet). B) nominal (núcleo: lindo) e verbal (núcleo: compra). C) verbal (núcleo: ficou) e nominal (núcleo: Internet). D) verbal (núcleo: ficou) e verbal (núcleo: compra). E) verbo-nominal (núcleo: lindo) e verbal (núcleo: compra). Questão 03 Leia a tirinha a seguir. Disponível em: <http://mulher30.com.br/tirinhas/page/8>. Acesso em 30 mar. 2015. Levando-se em conta a frase do primeiro quadrinho, “Papai Noel e coelhinho da Páscoa não existem, filhinha!”, responda: a) Qual é o sujeito dessa oração? b) Qual é a classificação desse sujeito? c) Reescreva a frase, substituindo o verbo existir pelo verbo haver. d) Após a substituição do verbo existir pelo haver, a classificação do sujeito continuou a mesma? Justifique sua resposta. __________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________ Questão 04 Disponível em <http://zip.net/bhmL07> Acesso em 12 mar. 2014. O efeito de humor do cartum é conseguido com uma quebra de expectativa, porque o aluno A) atribui ao sujeito uma característica, em vez de responder corretamente à pergunta. B) é o principal prejudicado com o descaso dos políticos com as escolas do país. C) está ironizando a professora, tentando ganhar tempo para responder à questão. D) ignora o estudo das funções sintáticas, por isso erra a resposta à professora. E) responde à professora de maneira informal, inadequada à situação de interlocução. Questão 05 Leia o texto a seguir para responder às questões a seguir: Uma gripe abençoada Danuza Leão Como era bom, quando se era criança, e se pegava uma gripe. E com uma febrinha tipo 37,5º C, melhor ainda. Em primeiro lugar, escola nem pensar; a família inteira se mobilizava não só para cuidar da “doente” como para paparicá-la e fazer todas as vontades. Algumas coisas eram proibidas: andar descalça pela casa, tomar água gelada ou usar uma camisa sem mangas. Era preciso estar sempre agasalhada, de preferência usando meia de lã, e se alimentar bem. Por alimentação, leia-se: vários chazinhos por dia, acompanhados de uma torradinha e, no jantar, canja. Aliás, canja ou um pedacinho de galinha com purê de batatas, também podia. E quem está de cama fica, 05 automaticamente, proibido de comer chocolate, batata frita e camarão. É bem verdade que já não se fazem gripes como antigamente; quando eu era criança, na hora de dormir – cedo, quem tem gripe não pode dormir tarde –, havia uma sessão Vick Vaporub, e da lembrança do cheiro da pomada eu me lembro até hoje. Era assim: primeiro havia o banho, de banheira. Depois, um pouco de Vick no peito e nas costas, um pijaminha de flanela, e o direito a comer na cama, na bandeja. A comida era dada na boca; e, dependendo

Recently converted files (publicly available):